Curiosidade do dia

Conviver com as contradições do cotidiano pode ser muito desafiador para pessoas que gostam de ter respostas prontas e de simples entendimento para tudo. No Brasil então, isso é mais desafiador ainda. Aqui a gente convive com coisas tipo a candidata evangélica do Miss Bumbum (juro, pode procurar) e – assunto em destaque pelo menos até Outubro – as eleições, onde você é OBRIGADO a exercer seu DIREITO DEMOCRÁTICO ao voto.

É nessas horas que você tem que escolher um cadidato. Mesmo porque votar nulo é algo não muito bem visto pelos cidadãos conscientes (pessoalmente, eu acho que existem dois tipos de pessoa no Brasil: as que fazem freela no RH da Odebrecht de 4 em 4 anos pra ajudá-los a escolher seus despachantes… e as que votam nulo). Mas voltando:

Você tem que escolher um candidato. E aí você começa a se informar, a conversar com seus amigos a respeito e a escutar e ler o que dizem os formadores de opinião (pessoalmente, eu acho que para avançarmos como sociedade a figura do “formador de opinião” precisa urgentemente morrer e todo mundo que trabalha com comunicação tem obrigação de ajudar a matar). Mas voltando:

Você tem que se informar. E como vivemos em uma bela sociedade livre onde a informacão circula, você começa a produzir, consumir e compartilhar informação. E é aí que a coisa fica confusa, principalmente para quem não consegue conviver bem com as contradições do cotidiano e precisa de respostas prontas e de simples entendimento para tudo. Pensando nisso, este blog lança a sessão curiosidade do dia, com um fato divertido e uma explicação fácil para te ajudar a consumir informaçães que aparecem por aí.

voceSabia

VOCÊ SABIA:

Que posição política não é torcida e entrevista não é jogo?
Por isso, toda vez que você diz que candidato X “ganhou” a entrevista, quem perde é você.

Um abraço e até a próxima!

Anúncios