Como Luiza foi parar no Canadá (relatos da vida em agência).

18:35

Atendimento ao telefone:

 – O cliente mandou um job pra um vídeo de lançamento do empreendimento. Vou precisar da ajuda de vocês pra reunir algumas informações pro pessoal da criação.

Planejamento (esfregando o rosto):

– Ok, qual o público?

Atendimento (com pressa):

– Olha, o cliente ainda não definiu muito bem, mas disse que é classe AB, mas também é acessível pra classe C que vem crescendo muito e quer um plus a mais: que o vídeo seja inspiracional pra classe D e E, pra reforçar a marca frente a esse público. A estratégia é boa né? Eu e a Marketing de lá fizemos MBA juntas.

Planejamento (cansado demais pra discutir):

– Putz. OK. Qual a verba?

– Não sei.

– A localização do empreendimento?

– Não sei.

– Os diferenciais do empreendimento?

– Não sei.

– Quando ele vai ser entregue?

– Não sei.

18:40

Planejamento (arranhando as paredes):

– Será que rola de ligar pra ele e perguntar então? Senão vai ficar foda definir alguma coisa.

Atendimento (já meio nervosa):

– Olha, não dá porque toda quarta esse horário ele joga tênis com o dono da agência e já saiu. E eu também tenho peeling facial marcado pra daqui 5 minutos, não posso ficar aqui. Olha, faz o seguinte: pensa num direcionamento ousado, mas tradicional… com uma pegada criativa, porém sem fugir muito dos padrões do mercado imobiliário. Ele gosta de humor, mas tem que passar a seriedade da compra de um apartamento. Ah, e também tem que ser requintado, mas numa linguagem acessível ao grande público. Enfim, o de sempre.

Planejamento (sentido uma dor fulminante no braço esquerdo):

– Tá, tá! Qual o prazo?

– Vou pedir pra criação me mandar até sete horas, porque o cliente viaja amanhã cedinho e quer ver antes. Vou enviar pro iPad dele do meu iPhone.

[…]

18:46

Criação ao telefone (Highway to Hell tocando alto ao fundo):

– Cara, o atendimento me mandou um email aqui, cheio de erro de português, pedindo pra fritar um roteiro de VT aqui, tem algum direcionamento aí que possa nos ajudar?

Planejamento (twitando indiretas enquanto fala ao telefone):

– Opa. Bom, a única coisa que deu pra pesquisar durante esse tempo é que a Classe AB tá investindo muito em lazer, curtir a vida… tipo viagens ao exterior, sabe? E dá muito valor à família. Lembra que o roteiro tem que ser ousado, mas tradicional… com uma pegada criativa, porém sem fugir muito dos padrões do mercado imobiliário. Ele gosta de humor, mas tem que passar a seriedade da compra de um apartamento. Ah, e também tem que ser requintado, mas numa linguagem acessível ao grande público. Enfim, o de sempre.

Criação (rindo por dentro):

– Belê. Em dois minutos mando pra ela aqui.

[…]

18:50

Email da criação no iPhone:

Ei! Segue o roteiro. Usamos uma super tendência que é que a classe Classe AB tá investindo muito em lazer, curtir a vida… tipo viagens ao exterior, sabe? E dá muito valor à família.

Beijão.

PS: que horas você sai do peeling? Minha banda vai tocar hoje naquele barzinho meio rock, meio cult super hypado, vai comigo?

[…]

19:00

Atendimento twitta:

Gente, alguém sabe como dá ctrl c crtl v no iPhone?

[…]

19:15

Boa noite, segue o roteiro com a defeza da criação:

Usamos uma super tendência que é que a classe Classe AB tá investindo muito em lazer, curtir a vida… tipo viagens ao exterior, sabe? E dá muito valor à família.

aguardo retorno.

Atensiosamente,

atendimento.

[…]

19:50

Atendimento ao telefone:

– Ei. O cliente falou que vai chegar em casa, tomar um banho, jantar, ver um filme, aí vai dar uma olhada no roteiro e perguntar pra esposa se ela gosta, fica aguardando aí que pode ter alguma alteração.

Criação (mastigando uma batata fria do McDonald`s):

– Putaqueopariu! É sempre a mesma merda! Manda esse vampiro ser rápido!

[…]

01:05

Email do atendimento:

Encaminhei pra você o retorno do cliente. Ele adorou tudo, só pediu pra mudar a trilha, a direção de arte e o texto. A produtora é aquela do sobrinho dele, então não pode ser um negócio muito difícil de entender.

[…]

09:00

Atendimento ao telefone (desesperada):

Então, ele gostou dessa décima oitava versão, vai ser ela! Vou mandar produzir que a fita tem que estar na globo meio dia!

[…]

11:48

Atendimento ao telefone (histérica):

PELAMORDEDEUS TAMO FUDIDO! O CLIENTE DIZ QUE MOSTROU A FITA PRO CELIDSON, TÉCNICO DE SEGURAÇA DA EMPRESA, E ELE ACHA QUE TEM QUE FICAR MAIS EXPLÍCITO ESSE NEGÓCIO DA VIAGEM AO EXTERIOR!!! MUDA AÍ E INSERE NO ROTEIRO RÁPIDO QUE O CARA DA GLOBO JÁ TÁ FUNGANDO NO MEU CANGOTE E SE EU NÃO GANHAR CONVITE PRA FESTA DELES ESSE ANO A CULPA É SUA!

Criação (resignado):

– Ok.

[…]

11:49

Atendimento ao telefone:

– Já mudou?

Criação (puto):

– Tô mudando. Tô pensando em um jeito de encaixar no roteiro aqui.

[…]

11:50

Atendimento ao telefone:

– Já mudou?

Criação (puto):

– Tô mudando.

[…]

11:51

Atendimento ao telefone:

– Já mudou?

Criação (puto):

– Já vai porra!

[…]

11:52

Atendimento ao telefone (ensandecido):

– Já mudou?

Criação (puto):

– TÔ MUDANDO CARALHO!

Atendimento chora.

[…]

11:55

Atendimento (por email, que é pra não desgastar):

O cliente não gostou. A mulher dele pediu pra, ao invés disso, colocar uma referência à filha deles, que tá fazendo intercâmbio. Ela mesmo já escreveu por cima e mandou pra produtora. Eles vão enviar a fita pra Globo por lá mesmo.

[…]

18:00

O comercial entra no ar no intervalo da novela.

 

 

 

 

 

 

Anúncios

130 Comentários on “Como Luiza foi parar no Canadá (relatos da vida em agência).”

  1. Muito bom! Parabéns! Pegando uma carona bacana num meme novo.

  2. Salgueiro disse:

    Sensacional, mto bom hahaha

  3. aracoelli disse:

    MELHOR. DO. MUNDO.

  4. Fabio Betti disse:

    Genial! Ri muito! Santa criatividade, Batman!

  5. clecio wanis disse:

    Bom pra caramba! A parte do “atendimento chora” foi demais

  6. Maltaroli disse:

    Bom, muito bom. Só excluíram a mídia do trâmite com a tv globo, mas tá valendo.

  7. disse:

    sensacional!!!

  8. Glebe Duarte disse:

    Uma palavra: Show de bola! =)

    Ficou sensacional… dá pra ver direitinho cada cena acontecendo.

  9. Essa de falar que o material foi modificado pelo cliente e vai ser enviado por ele. Já vi essa novela. rsrs

  10. Ótimo! Faltou a mídia pedindo Globo Express.

  11. Andrea disse:

    Muito bom!! To rindo demais! kkkkk

  12. Nanna disse:

    GENIAL. PQP!

  13. Andrea Loureiro disse:

    kkkk… muito bom!!!

  14. Claudia Gomes disse:

    Me identifiquei MUIIIIIIITo, até porque, depois de muito cansada da desorganizaçao dos dpts de Marketing, mudei, por Canada!!

  15. hahahaha é bem assim que acontece mesmo!

  16. Natasha Lima disse:

    Vida de agencia…kkkkkkkkkkk “Luiza no Canadá!”

  17. G.R. disse:

    MUITO BOM!!!! HAHAHAHHAA!!

  18. Nati disse:

    Todos os mínimos detalhes perfeitos hahahah Só muda de endereço mesmo!

  19. arrasou! muito bom mesmo. só não é mais engraçado pq é tudo verdade.

  20. Esse texto e demaisssssssssssssssssssss…… e desse jeito kkkkkkkkkkkk

  21. Fafá disse:

    gente, pelo amor de deus, que DEMAIS ISSO!! MUITO FODA!! AHAHAHAHA

  22. André Kano disse:

    Dudu,
    vc me fez chorar e rolar no chão de tanto rir.
    sensacional, obrigado!

  23. ” – Qual a verba?
    – Não sei.
    – A localização do empreendimento?
    – Não sei.
    – Quando ele vai ser entregue?
    – Não sei.
    (…)
    – Já mudou?
    Criação (puto):
    – Tô mudando.”
    Não consigo ver graça em um trabalho onde as coisas estão mal amarradas, só porque isso é lugar-comum…

    • Zhu disse:

      Já ouviu falar de um livro chamado “Ria da minha vida antes que eu ria da sua”?

      Pimento no dos outros é refresco. Não é a toa que estão facilitando a entrada de estrangeiros no Brasil.

      Amadorismo “on the fly”. Chega de “jeitinho brasileiro” ou “Lei de Gerson”.

      MAS É ENGRAÇADO SIM, VAI…

  24. slop disse:

    “inspiracional” pra classe D e E uahuahauhauha

  25. […] Texto retirado de: palavraimpropria.wordpress.com Compartilhar Tweet POSTED IN » Curiosidades, Publicidade, […]

  26. vanessousa disse:

    passo por isso! hauhauhaua sensacional!!

  27. Putz meu, na nossa pele é punk, mas lendo assim é hilário e a pura verdade. Nós da criação somos heróis.

  28. Haha, excelente!

    Criação rocks! Haha!

  29. Gabi Lima disse:

    A CARA de qualquer agência.
    Me senti no job da Luiza. hahahahhahaha

  30. diwa disse:

    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA o melhor é “Ei. O cliente falou que vai chegar em casa, tomar um banho, jantar, ver um filme, aí vai dar uma olhada no roteiro e perguntar pra esposa se ela gosta, fica aguardando aí que pode ter alguma alteração.”

    • Mais que que “mãe é tudo igual, só muda de endereço”, é briefing, – que só muda de empresa.

      “Encaminhei pra você o retorno do cliente. Ele adorou tudo, só pediu pra mudar a trilha, a direção de arte e o texto. A produtora é aquela do sobrinho dele, então não pode ser um negócio muito difícil de entender.”

      Não muda (quase) nunca!

      • Adriana A. L. Scrok disse:

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
        Que sobrinho inteligente…
        Muitos estão trabalhando em agências, há mais de 10 anos, e ainda não conseguem entender um job, isso é sério.

  31. hauahuahua – Muito foda mesmo!

  32. Michelle disse:

    Já que falaram de livro… aí vai uma indicação: “O Segredo de Luíza”… Kkkkkkk….

  33. Flávio disse:

    Muito bom mesmo!!
    A definição do target pelo atendimento foi foda!
    “fizemos MBA juntas” hahaha

  34. […] Aliás também existe uma versão para o que poderia ter acontecido na Agência, uma brincadeira com o corre-corre da publicidade, “explicando” Como Luiza foi parar no Canadá (relatos da vida em agência). […]

  35. Ana Carolina disse:

    Muito Bommm!!!!! rsrsrrs
    Parabéns pelo texto!

  36. Luana disse:

    E a criação corta os pulsos dpois de ver o vídeo!!!!! ha ha ha!

  37. […] Caso você já tenha trabalho com criação publicitária, quando você vê coisas assim, chega à conclusão de que só pode ter sido o cliente, afinal, um colega – são – de profissão não seria capaz disso. E foi pensando justamente nisso que o pessoal do Palavra Imprópria fez uma reconstituição do que teria acontecido nesse crime contra o bom senso. Apresentando: Criação / Atendimento / Cliente. Clique aqui e descubra “Como Luiza foi parar no Canadá“. […]

  38. andrea almeida disse:

    é um “case” segundo a agência. Luiza chegará dia 1º e terá até BANDA no aeroporto.

  39. Professor Pasquale disse:

    tava bom até o defeZa… lapso…

  40. Cris Neiva disse:

    Quem já trabalhou ou trabalha em agência com certeza vai rir disto… muito bom!

  41. Amaury Vieira disse:

    Perfeita a reprodução e os detalhes tragicômicos da rotina das agências.
    E uma confirmação: só se destaca aquilo que é ótimo ou péssimo. O resto ninguém sabe, ninguém viu.

  42. ceju disse:

    hauhauhuah
    Genial!
    Vi a cara do atendimento puto ligando 10 vezes dentro de 10 minutos!

  43. Chico disse:

    Resumindo, a agência trabalhou, trabalhou e trabalhou e o cliente que teve a ideia do maior meme da semana que rodou o país e fez um comercial regional ficar conhecido até em Cacimbinhas?

  44. Mauricio disse:

    Pô Camila! Eu sei que essa pessoa do atendimento é você. Confessa!

  45. Fábio disse:

    cansado dessa vida… isso nao vai mudar nunca.

  46. Monique disse:

    uhauhauhahuahua geeente tudo verdade, vida de agência detalhada!! ficou shooowdi!

  47. Daniela disse:

    mto bom mesmo a pura realidade de agência kkk

  48. […] para rir um pouquinho, achei o máximo esta conversa criada pelo blog Palavra Imprópria. Não consigo separar a verdade da […]

  49. duriguello disse:

    fantástico. inauguraram a garota-propaganda que não aparece no vt.

  50. Lucas Cerbero disse:

    Tá explicado porque a maioria dos comerciais brasileiros são uma porcaria.

  51. é pra chorar. mas não tem como parar de rir! hahahahaah

  52. Dwejitokkii disse:

    Fantastico! Muito bom! kkkkkkkkkkkkk

  53. Renata disse:

    O LADO DO CLIENTE (Sem acentuacao, me desculpem)
    >CLIENTE MANDA EMAIL PRA AGENCIA QUE ELE TRABALHA HA DEZ ANOS:

    To lancando uma bola. Voce pode fazer um folder pra mim, por favor? Quero que voce leve em consideracao aquele conceito que sempre trabalhamos para todas as marcas da empresa. …PODE VIAJAR, SO NAO QUERO IMAGENS QUADRADAS, NEM AMARELAS! Pra quinta feira e minha verba eh R$XXX (Tentando ser legal e deixar a agencia ser criativa)

    >AGENCIA: Pode me passar um briefing por favor!

    >CLIENTE: Copia exatamente o texto do email no modelo de briefing da agencia.

    >AGENCIA: Segue em anexo (com 4 dias de atraso, porque seu trabalho entrou na fila e bla bla bla) >>>>>> O cliente abre e EH UM QUADRADO AMARELO, fora do conceito usado pela empresa, que provavelmente foi a propria agencia que criou

    >CLIENTE: Entao eu havia citado que NAO QUERO QUADRADOS, NEM AMARELO. Pode refazer, por favor?

    >AGENCIA: Atendimento te liga as 21h30 metendo o pau na criacao e fala que amanha estara pronto.

    >AGENCIA: (5 dias depois) Agora acho que ficou bem legal>>>>> Sao muitos quadrados, vermelhos e amarelos.

    >CLIENTE: Olha so, nao gostei! Mudem todo o conceito por favor.

    …………………………………………………………………………….. 13 pecas depois e completamente sem nocao da realidade (ate meu primo de 5 anos saberia ver que esta COMPLETAMENTE fora do padrao da marca, quando nao esta graficamente feio.)

    >CLIENTE: Querido, vamos fazer o seguinte, segue arquivo em anexo arquivo (feito em paint, porque voce nao tem outro software de imagens na empresa) do modelo da peca. Favor reproduzir exatamente igual.

    obs: o trabalho custou 5 mil reais + 12% de custos para terceiros (?????????????)

    obs2: sou publicitaria…certas vezes nao posso acreditar no que recebo das agencias e tenho plena certeza que estou participando de uma pegadinha.

  54. danuzza disse:

    corrige o defesa que tá com Z. 😉

  55. Bruno Covolan disse:

    Bom demais o texto… dá até para imaginar a cara dos envolvidos… hahahahaha

  56. Defesa com Z? Nem a Luíza viu…

  57. Ué faltou texto aí disse:

    Na verdade faltou a parte da pós-produtora que se fode no lugar do “Criativo ” pois eles não fazem mais nada e repassam tudo para finalizadoras rsrsrsrs mal sabem o que é cor !!!!

  58. Helena Aires disse:

    Nossa, sempre c’est la même chose…
    Muito bom!! Parabéns.

  59. Isaura Sá disse:

    em todo lugar a mesma coisa…

  60. Luis, que está no Brasil disse:

    HAHAHAHAHAHA Maravilhoso! melhor dos últimos meses, quiça ANO! kkkkkkkkkkkkkkkkk PARABÉNS!! clap clap clap…

  61. Como que dá CTRL C + CTRL V no Iphone D: ??? LOL

  62. Cara, isso tá muito engraçado e triste ao mesmo tempo pqp …

  63. Hevandro disse:

    Pelamor!

    alguém pega esse roteiro e filma! Mas mostra pra mulher do cliente direto tah!?

  64. Caio disse:

    UAHSUAHSUHAUSHA GÊNIO!

  65. Lívia disse:

    Adorei e me acabei de rir! Só acho uma puta falta de sacanagem esse estigma com o pobre Atendimento… eu era uma e vou dizer: sempre escrevi bem pra caralho e com português impecável , viu? Muito melhor que planejamento e criação juntos, diga-se de passagem. Hehehe! 😛

  66. […] Publicado; 17 17UTC janeiro 17UTC 2012 | Autor: Dudu Noronha | Filed under: Uncategorized | Tags: agência,atendimento, canadá, criação, luiza, propaganda, Publicidade |89 Comments » […]

  67. Simplesmete demais! Hahhaaha

  68. sareichons disse:

    Comédia! haahha mandou muito bem… Você já deve ter trabalho em alguma agência, menos a Luíza que está no Canadá!

  69. Robson F. Machado disse:

    CÉUS! PERFEITO!

  70. Patricia disse:

    Achei esse link no facebook … to chorando de tanto rir!! . E por causa dessa realidade do mundo publicitario que deixei a profissao! O que vc escreveu e a pura descricao do cotidiano de uma agencia!! E engracado de se ler, mais vai viver isto na pratica!!

    Patricia, Londres (very happy to be a full time mum!!)

  71. Carol D. disse:

    Dudu, eu não te conheço. Nem mesmo ía ler o seu texto se o pessoal não estivesse falando tanto da tal da Luiza no facebook. Não vim aqui fazer brincadeirinhas bobas, nem coisa do gênero. Vim aqui te dar parabéns. Ri à beça com o seu texto e me identifiquei horrores! Até liguei o skype para mostrar para um amigo que se formou em design comigo e trabalha hoje em empresa de comunicação! Ainda bem, sinceramente, que a Luiza ficou tão famosa. Assim quem sabe o pessoal começa a ler mais o seu relato e entender que trabalhar com criação não é nada fácil – e às vezes, nada divertido. Obrigada e parabéns pelo texto!

  72. […] poderia imaginar, o melhor de tudo foi este texto sobre como é a vida de uma agência # eu ri – https://palavraimpropria.wordpress.com/2012/01/17/como-luiza-foi-parar-no-canada-relatos-da-vida-em-a… E aí?FacebookTwitterEmailGostar disso:GostoSeja o primeiro a gostar disso post. Filed under […]

  73. Luiza disse:

    quem escreve: ” a defeza da criação:” defeZa, não tá em nível de zoar ninguém.

  74. Metaimob News disse:

    […] Aliás, também existe uma versão para o que poderia ter acontecido na Agência, uma brincadeira com o corre-corre da publicidade, “explicando” Como Luiza foi parar no Canadá (relatos da vida em agência). […]

  75. Monique Morais disse:

    É desse jeito!!

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    A melhor parte:

    “18:46

    Criação ao telefone (Highway to Hell tocando alto ao fundo)”

    \w/_ uhuuuuuuuuuuuuuullll

  76. […] veja neste link a melhor brincadeira que vi a respeito da Luiza e do Canadá. o autor tentou criar um post explicando como que o comercial foi solicitado, criado e alterado. genial! […]

  77. Danielle disse:

    Mto bom.. só não sei em qual agência o cara da Globo fica no pé do atendimento..

  78. gabrielthe disse:

    rsrsrs caracas, mto bom… vlw o post!

  79. Bárbara disse:

    Amazing! Ri muito!

  80. Flávia disse:

    nem preciso falar da criatividade né? uma das melhores partes foi: “Eu e a Marketing de lá fizemos MBA juntas.”

  81. Clara Lemos disse:

    Oi!

    Só estou escrevendo pra contar que ri demais com esse post da Luiza no Canadá. Muito engraçado mesmo!

    Daí comecei a espiar os outros textos e achei bem legal também!

  82. Rodrigo M. disse:

    Muda o título do post: “…relatos da vida em uma agência MUITO incompetente”.

    Este profissional do exemplo precisa mudar de profissão urgente. Muito fácil colocar a culpa no cliente ou na pressão do dia-a-dia…

    Este vídeo já foi pro currículo, já era (agora só falta pular do prédio).

  83. eduardo disse:

    Isso aí é tudo mentira… O que esta escrito aqui é como se fosse a criação na empresa de publicidade, depois disso vale lembrar que tem aquela empresa (produtora) que faz o comercial. Os horários não condizem com a realidade, você pode mudar um texto em questão de segundos, mas não podem mudar um comercial de uma hora pra outra!

  84. dibarbosa disse:

    Reblogged this on .

  85. ARMEIDA disse:

    Bem divertido esse roteiro da criação do roteiro.
    Só que eu acho que essa é a versão que, digamos, tira totalmente o C… da agência da reta.
    O mais provável, na minha opinião, é ter acontecido uma comunhão de desleixos entre cliente e agência.
    Tipo: quando a peça é boa, mérito apenas da agência e quando a peça é ruim, total culpa do cliente. Acho que nem sempre é assim que a banda toca. Mas, valeu pelo humor.

  86. Nicole Plauto disse:

    Muito bom o texto! Não sou da área, mas mesmo assim ri muito!
    E não se preocupem com a galera que não entendeu a [defeZa], eles não conseguem captar uma boa ironia.
    Parabéns pela criatividade!

  87. Xanditz disse:

    Eu como uma pessoa da criação sei exatamente como são essas coisas e a gente ri da nossa própria desgraça quando lê um texto desses! lol

  88. Alex Draeth disse:

    O ápice é quando o cliente pede aprovação para o técnico de segurança!!!

  89. Adriana A. L. Scrok disse:

    Achei muito engraçado essa realidade, mas também já me estressei por muitas noites…
    Garanto que se estivessem se lembrado de passar pela revisão nada disso teria acontecido, kkkkkkkkkkkkkkkkk
    Sou revisora de agência, é claro!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s